Conheça a ACPO-BA

imagesA ACPO-BA –  Associação Certificadora de Áreas, Defesa do Meio Ambiente e Produtores Orgânicos do Estado da Bahia é uma Organização de Controle Social (OCS) cadastrada pelo Ministério da Agricultura (MAPA), que visa garantir que todos os produtores orgânicos no estado estejam cumprindo os regulamentos técnicos estabelecidos pela Lei n.10.831, de 23 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a agricultura orgânica, e assegurar a rastreabilidade dos produtos.

A entidade civil sem finalidade lucrativa, com sede e foro na cidade de Itaberaba, Estado da Bahia, tem como objetivo o fomento de atividades agroecológicas, assim como a comercialização de produtos orgânicos, para agricultores e familiares residentes nos Municípios do Estado da Bahia e adjacências, podendo, neste sentido obter recursos necessários ao desenvolvimento desses fins, desdobrando sua finalidade nas atividades:

 

  • Assistir e atender todos os associados de acordo com a sua finalidade;
  • Promover a integração entre os associados, destes com outras organizações, desta organização com outros afins, tendo em vista o repasse da produção final de cada associado;
  • Organizar e/ou executar capacitações voltadas para a consecução dos seus objetivos;
  • Divulgar através de todos os meios a produção agro ecológica dos seus associados;
  • Buscar parcerias, municipais, estaduais, federais, ONGs, Empresas Estatais, Privadas  e Organizações Internacionais para a consecução de seus objetivos;
  • Adquirir, construir ou alugar imóvel necessário ao desenvolvimento de suas atividades;
  • Promover atividades voltadas para o resgate da cultura local e regional, utilizando-se dos insumos naturais;
  • Buscar informações sobre eventos, feiras, organizando de acordo com a normatização regimental, a participação e locomoção dos associados;
  • Dar Consultoria e prestação de serviços aos seus associados, e associados de outras entidades e parceiras filiadas a ACPO-BA;
  • Solicitar de cada Prefeitura do Estado da Bahia, e do próprio Estado, áreas separadas e padronizadas para que os produtores orgânicos comercializem os seus produtos com segurança para os consumidores;
  • A fiscalização além das áreas plantadas e nas feiras, também será feita pelos consumidores, que deverão se informar sobre os endereços dos produtores corretos para eles visitarem;

 

A ACPO-BA visa garantir que todos os produtores orgânicos estão cumprindo os regulamentos técnicos, e assegurar a rastreabilidade dos produtos. Os produtores orgânicos são acompanhados por entidades de assessoria que realizam reuniões, capacitações, oficinas para apoiar a Produção, Beneficiamento e Comercialização Agroecológica.

Os produtores realizam atividades entre si que visam garantir que todos estão cumprindo os regulamentos técnicos, tais como: reuniões informais semanais durante o processo de comercialização; visitas periódicas e reuniões mensais do grupo. Eles se esforçam para utilizar boas práticas da produção orgânica vegetal, atendendo ao seu Plano de Manejo Orgânico, entre elas:

 

  • Preservar e ter cuidado especial com as fontes de água (limpa), buscando recompor a mata ciliar;
  • Irrigar nos horários mais frescos do dia, usando sistemas mais eficientes como gotejamento e micro-aspersão;
  • Usar adubos de origem orgânica: esterco de rebanhos onde não são utilizados herbicidas, nem hormônio, ou cama de galinha. Preparar composto orgânico; Não usar adubos químicos;
  • Para controle de pragas e doenças, usar defensivos naturais não agrotóxicos;
  • Plantar afastada da agricultura convencional para evitar a contaminação com os produtos químicos;
  • Usar práticas de conservação de solo, como faixas de retenção, plantio em curva de nível e cobertura morta, forrageiras, como: crotalária, mucuna preta, guandu, feijão de corda, feijão de porco dentre outros. Não plantar  “ladeira abaixo” nem realizar queimas, e evitar o uso do arado mecanizado;
  • Não usar produtos químicos (ex. carbureto) para amadurecimento de frutos;
  • Usar sementes locais produzidas na propriedade ou região, evitando o uso de sementes híbridas; etc.
  • No caso do abacaxi orgânico, fazer a indução com a calda da cinza a 60º de temperatura;

 

Todos os produtos comercializados pelo grupo são produzidos exclusivamente pelos agricultores da OCS da ACPO-Ba – Associação Certificadora de Áreas, Defesa do Meio Ambiente Produtores Orgânicos do Estado da Bahia.

Periodicamente podem ser realizadas visitas programadas e espontâneas, dos consumidores para o local da produção, para assegurar a rastreabilidade dos produtos.

Os Produtos encaminhados à comercialização pelos agricultores estão sujeitos a análises laboratoriais sempre que solicitado por órgãos fiscalizadores (Ministério da Agricultura) e a averiguações solicitadas pela Comissão de Produção Orgânica do Estado da Bahia – CPOrg/BA.

 

Leia mais sobre o nosso Regimento no BLOG ACPOBA ORGÂNICO
Fique por dentro da Lei da Agricultura Orgânica

 

2 comentários em “Conheça a ACPO-BA

  • 12 de agosto de 2016 a 16:40
    Permalink

    Prezados,

    Solicito nº telefone para contato. Grato.

    Responder
    • 14 de agosto de 2016 a 09:30
      Permalink

      Oi Fabrício, obrigada por seu contato. Você pode falar com o presidente da Acpoba, Edilson Santos, pelo telefone 75 98174 3314. Às vezes é difícil completar a ligação porque na roça a nossa telefonia não funciona 100%, mas tente, ou envie uma mensagem para edmarujo@hotmail.com

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *